Escola de Natação municipal mantém certificação de qualidade

1183

Decorreu no passado dia 4 de novembro, no Porto, a II Gala da Federação Portuguesa de Natação, onde o Município de Vila real recebeu, pelo segundo ano consecutivo, o galardão de Certificação de Qualidade da Escola de Natação – FPNCQ2016.
Numa parceria de cooperação entre a Câmara Municipal de Vila Real e a Associação Regional Natação do Norte, no desenvolvimento da melhoria constante do processo ensino-pedagógico da natação, este certificado de qualidade, vem demonstrar o excelente trabalho realizado com vista ao desenvolvimento da modalidade da natação e das atividades aquáticas, em proveito da população vila-realense.
Esta distinção está associado ao Projeto Portugal a Nadar ao qual a edilidade Vila-realense aderiu no ano 2014. A Escola Municipal de Natação é frequentada atualmente por cerca de 280 crianças, distribuídas pelas três classes, Pais + Bebés, dos 14 meses aos 3 anos, Adaptação ao Meio Aquático, dos 3 aos 5 anos, e Natação Crianças, dos 6 aos 13 anos. Refira-se que, no total as Piscinas Municipais de Vila Real têm cerca de 900 utentes inscritos nas diversas atividades, que vão da natação jovens/adultos, à hidroginástica sénior, entre outras.
Recorde-se que o Projeto Portugal a Nadar é uma iniciativa da Federação Portuguesa de Natação, entidade que superintende e certifica todas as atividades ligadas à prática da natação, tendo sido criado com o objetivo de fazer a ligação entre a FPN e todas as entidades públicas ou privadas com envolvimento em atividades aquáticas, bem como com os seus utentes. Através deste projeto a FPN apresenta, afere e monitoriza um sistema de ensino com caraterísticas adequadas ao bom e apropriado desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem da Natação nas suas várias vertentes.
O Município de Vila Real congratula-se, uma vez mais, com esta distinção que serve de estímulo para continuar a prestar um serviço de excelência a todos os utentes, em particular às crianças que frequentam a Escola Municipal de Natação.

Deixe o seu Comentário

Comentário