Em Vila Real, dá-se a gancha no Dia de São Brás

1427

Mais um ano, mais uma romaria ao São Brás para se comprar a Gancha. É assim em Vila Real há já vários séculos. Nos dias 2 e 3 de fevereiro a tradição cumpre-se. A Vila Velha, local onde se situa a Capela de São Brás, classificada como Monumento Nacional desde 1910, é o palco desta festividade com características tão peculiares que fazem deste dia uma verdadeira atração turística.

Ano após ano, a Vila Velha é animada pelas muitas barraquinhas improvisadas onde se podem comprar as “Ganchas”, um doce tradicional que consiste num rebuçado em forma de báculo. Reza a lenda que depois de receberem o Pito, oferecido pelas mulheres no dia de Santa Luzia, os homens oferecem a Gancha no dia de São Brás.

Entre os dias 2 a 5 de fevereiro estará também em exposição, no Museu da Vila Velha, a Tábua de Santo António dos Esquecidos, sendo um oportunidade rara para observar um objeto que costuma estar no espólio guardado do Museu e que ajuda a fazer a ligação entre o património religioso da Vila Velha – Capela de S. Brás, Capela de Santo António dos Esquecidos e Igreja de São Dinis.

 

Deixe o seu Comentário

Comentário