Do lado do Verão

1562

Em Julho e Agosto, o Teatro está do lado do Verão para que Vila Real seja uma cidade de cultura todo o ano.

O Teatro de Vila Real prevalece na singularidade de ser dos únicos teatros do país que se mantém aberto 12 meses por ano, assegurando uma vida cultural dinâmica de Janeiro a Dezembro, incluindo os meses de Verão, para todos os públicos e escalões etários.

Em Julho e Agosto a programação está de novo “do lado do Verão”. As actividades são maioritariamente ao ar livre: concertos nocturnos no Auditório Exterior, concertos ao pôr-do-sol e DJ sets no relvado junto ao Café-Concerto, cinema ao ar livre na Praça Cénica, teatro, oficinas e danças do mundo no Parque Corgo, na envolvente do edifício.

O cartaz apresenta mais de uma dezena de nomes da melhor música portuguesa, de artistas emergentes como Isaura a consagrados como Hélder Moutinho, OqueStrada, Samuel Úria ou Rodrigo Leão. A Galiza e o Brasil estão também presentes, com duas propostas irresistíveis.

Em período de Capital da Cultura do Eixo Atlântico, a cidade acolhe um ciclo de artes de rua no Centro Histórico, produzido pelo Teatro de Vila Real, no âmbito de uma parceria estabelecida entre o Município de Vila Real e a Associação Douro Generation. Em cada semana de Julho e Agosto é apresentado na Praça do Município um espectáculo diferente de áreas como novo circo, teatro físico, dança, teatro de imagem, multimédia ou multidisciplinar.

Para o público infantil há no Teatro um programa diversificado, que ajudará a tornar as férias de Verão ainda mais memoráveis.

Ao todo são:

– 12 concertos no Auditório Exterior ou ao pôr-do-sol;

– 4 sessões de cinema ao ar livre;

– 8 espectáculos de teatro e novo circo, durante 8 semanas, com algumas das melhores companhias nacionais desta área das artes performativas;

– 8 actividades para o público infantil, a maioria no Parque Corgo, assegurando um Verão memorável também para os mais novos;
– 1 workshop e baile de danças do mundo ao final da tarde;
– 2 sessões de observação de estrelas na Praça Cénica.

Paralelamente, o Teatro acolhe e apoia espectáculos organizados por escolas e entidades locais e co-produz com a Associação Música Esperança um espectáculo musical que integra músicos profissionais e reclusos do Estabelecimento Prisional de Vila Real.

Deixe o seu Comentário

Comentário