Chaves quer isenção de portagens na A24 para troço do distrito de Vila Real

1322

Foi aprovada, por unanimidade, na última reunião de Câmara, de 22 de julho, uma moção para isenção do pagamento de portagens no troço da A24, no distrito de Vila Real. A proposta, agora aprovada pelo executivo municipal, já tinha sido deliberada favoravelmente em Assembleia Municipal, reunida no passado dia 29 de junho. Um assunto apresentado pelo Grupo Municipal do PSD, prioritário na senda das posições públicas assumidas anteriormente, pelos dirigentes autárquicos deste partido, e dando voz às populações do distrito de Vila Real.

“A A24 é uma das principais vias do país, cuja disponibilidade para os cidadãos se reveste do maior valor funcional e simbólico”, atravessando o “território do Alto Tâmega – sub-região charneira entre o litoral e o interior e, de forma mais visível, entre o norte de Portugal, Galiza e Castela/Leão”.

De acordo com a referida moção, esta isenção reveste-se de fundamental importância para o desenvolvimento do território e determinante para o bem-estar das pessoas, sejam naturais, residentes ou visitantes que cada vez mais se deixam cativar por esta região e escolhem este território de inquestionável, confirmada e reconhecida excelência turística.

Em nome do princípio da coesão territorial, social e nacional, a Assembleia Municipal propôs o envio da referida moção ao Presidente da República, Presidente da Assembleia da República, Primeiro-ministro, Ministro Adjunto, Ministro das Finanças, Ministro da Economia e Ministro do Planeamento e das Infraestruras, bem como, solicitar aos Grupos Parlamentares, com assento na Assembleia da República, que intercedam junto do Governo a favor da recolocação da A24 como uma via sem custos para o utilizador, no troço do distrito de Vila Real, e promover a adesão, participação e apoio à referida proposta, por parte dos Municípios da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e da Comunidade Intermunicipal do Douro.

Deixe o seu Comentário

Comentário