Festival Nacional de Folclore do Cantaréu

626
A festa voltou à cidade, depois de poucos dias de interregno. Voltou e vai continuar.  Sexta-feira passada  centenas de pessoas assistirem á «performance» de um trio de artistas espanhóis – CIRK ABOUIT IT. Foi um espectáculo de raras palavras mas de muita mímica, divertida e de muito agrado da assistência, especialmente a infantil.
Sábado foi dia  de arruada matinal no centro histórico, Virgem Suta no teatro municipal e do tradicional Festival Folclórico de  O Cantaréu que teve como convidados os seguintes grupo: Rancho Etno-Popular  da Ilha – Pombal; Grupo de Danças e Cantares S. Pedro de Macedo, Ovar; Rancho Folclórico e Etnográfico Vale de Açores, Mortágua; Rancho Regional Recordar É Viver, Paramos, Espinho e Grupo Folclórico de Barcelinhos. O anfitrião  abriu o certame e  o G.F. Barcelinhos concluiu.  Este festival teve uma característica muito especial. Como tema, os grupos foram incentivados a falarem e mostrarem usos e costumes relativos ao casamento. Os rancho de Maceda e da Ilha foram, no caso,  os mais expressivos. Todos os ranchos se exibiram a bom nível.

 

 

Deixe o seu Comentário

Comentário