Autarcas do Alto Tâmega contra eventual encerramento do Gabinete Médico-Legal de Chaves

1187

Os presidentes dos seis concelhos do Alto Tâmega solicitaram audiência com a Ministra da Justiça pelo possível encerramento do Gabinete Médico-Legal de Chaves.

Os autarcas de Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar – pretendem manifestar pessoalmente junto da Ministra da Justiça a sua posição conjunta contra o eventual encerramento do Gabinete Médico-Legal de Chaves que serve a região do Alto Tâmega, num espaço territorial de 3.000 Km2 e um total de 94 mil habitantes.

Na sua comunicação, dirigida à Governante responsável pela pasta da Justiça, os seis autarcas lembram que “este Gabinete Médico-Legal foi dotado pelos Ministérios da Justiça e da Saúde dos recursos materiais e técnicos necessários ao seu funcionamento autónomo, dispondo de instalações condignas na Unidade Hospitalar de Chaves” e que “encerrá-lo não traduz qualquer redução da despesa pública, dado funcionar, atualmente, com eficiência e eficácia, apenas com um funcionário a tempo inteiro”.

(…)

Leia o artigo completo na edição da próxima semana  do Notícias de Vila Real, nas bancas, à venda aqui.
Ou assine a edição impressa ou em PDF aqui.

Deixe o seu Comentário

Comentário