Atendimento a famílias vulneráveis de Lamego

813

O novo “Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social do Concelho de Lamego” vai abrir ao público já no próximo dia 16 de agosto, na Rua do Teatro, assumindo algumas competências que até agora eram desempenhadas pela Segurança Social. Sob gestão da Santa Casa da Misericórdia de Lamego, na prática, vai assegurar o atendimento e o acompanhamento de pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade e exclusão social, gerir os recursos destinados a situações de emergência e acompanhar os processos ao nível da inserção social de quem é apoiado.

Com uma equipa técnica constituída por uma coordenadora, uma assistente social e uma psicóloga, este “Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social” representa um novo modelo de resposta social que começa agora a ser implementado um pouco por todo o país e que vai passar a ser familiar para muitos lamecenses. Recorde-se que a Misericórdia de Lamego é a instituição responsável pela Rede Local de Intervenção Social (RLIS) e pretende agora estabelecer parcerias para que o novo serviço chegue às freguesias rurais do concelho, oferecendo uma oportunidade de apoio personalizado.
Ao assumir tarefas na área da ação social, a equipa técnica quer acompanhar de uma forma muito próxima as pessoas em situação de vulnerabilidade, tendo em vista uma intervenção de primeira linha e a resolução de problemas sociais em situações de crise ou de emergência social. Por exemplo, as pessoas desempregadas que apresentam comprovada carência económica e todo um conjunto de problemas associados a esta situação, ao nível de alimentação e da medicação.

Deixe o seu Comentário

Comentário