Abandono escolar e Sucesso Académico em discussão na UTAD

689

 

Realiza-se durante o dia de hoje na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) a II Cimeira Ensino Superior: Sucesso Académico. Este encontro tem por objetivo reunir as Instituições de Ensino Superior envolvidas no Projeto “Ensino Superior: Sucesso Académico” no âmbito da promoção de estratégias de combate ao abandono escolar no Ensino Superior.

O evento conta com a presença de Rosário Mauritti, do ISCTE-IUL, como convidada para a dinamização da sessão plenária, sendo este momento aberto a todos os interessados pela temática do abandono escolar no Ensino Superior. A parte seguinte do evento será limitada às Instituições Ensino Superior (IES) participantes e será direcionada para a apresentação dos projetos da UTAD e Universidades do Porto e Minho, relacionados com o combate ao abandono escolar e promoção do sucesso académico. A parte da tarde será dedicada à apresentação e discussão de projetos por parte de várias IES e para delimitação de objetivos e estratégias para o próximo ano letivo e será moderada por Leandro Almeida da Universidade do Minho.

Observatório Permanente do Abandono Escolar e da Promoção do Sucesso Escolar na UTAD

A UTAD tem já a funcionar o “Observatório Permanente do Abandono Escolar e da Promoção do Sucesso Escolar”, um projeto que conta com o apoio do Ministério da Educação e Ciência e visa diminuir o abandono escolar prematuro. Este observatório tem levado a cabo ações de monitorização do abandono, mediante a sinalização de alunos em situação de risco, aconselhamento e identificação de soluções para evitar esta situação.

Um inovador Programa de Tutoria para novos alunos está a ser implementado e visa promover a integração na vida académica e o sucesso escolar. Neste programa, grupos de alunos serão acompanhados por professores que sinalizarão situações académicas em sinais de risco, ou outras, para as quais ajudarão a encontrar soluções. O programa de tutoria terá formação extracurricular que conferirá competências e que tornarão os alunos mais capazes para fazer face às dificuldades da vida académica e, no futuro, da vida profissional.

Deixe o seu Comentário

Comentário