60 produtores escoam cebola a 24 e 25 de setembro

1029

No fim-de-semana de 24 e 25 de setembro, vai decorrer a maior festa das tradições transmontanas com venda de produtos e animação sociocultural. Há vários séculos que a Feira das Cebolas se realiza no dia 25 de setembro e este ano calha num domingo.

Cerca de 60 produtores de cebola estarão com banca montada na véspera da feira, altura em que se começa a vender centenas de cabos de cebolas (e alho, malagueta, palhada, batata, tomate, couve, pimentos…). Milhares de visitantes acorrem a esta feira todos os anos, cujas origens se perdem no tempo – há documentos que atestam que a feira aguiarense foi proibida em 1319 por D. Fernando (por prejudicar a de Vila Real), e restituída em 1417 por D. João I.

De entre as cerca de 20 toneladas de cebolas dispostas no recinto, apenas três cebolas serão distinguidas. Alguns dos produtores acalentam a esperança de vir a vencer o concurso de maior cebola desta feira. A companhia de teatro Filandorra promove teatro de rua em que participam os miúdos e aplaudem os graúdos.

A corrida de cavalos e o concurso de gado são eventos ancestrais apreciados pelos visitantes que participam em desfolhadas e outras recreações culturais realizadas na feira. O Município de Vila Pouca de Aguiar (com a empresa EHATB) organiza uma feira de mostra e venda de produtos locais e gastronomia regional que é uma verdadeira festa do mundo rural.

Deixe o seu Comentário

Comentário